Feira de Artesanato da Bahia chega a Arraial d’Ajuda

No roteiro do turismo internacional na Costa do Descobrimento, a badalada Arraial d’Ajuda, no município de Porto Seguro, vai abrir a segunda temporada das Feiras Regionais Artesanato da Bahia, nos dias 4, 5 e 6 de março, das 15 às 22 horas, na Praça São Braz. Nesta edição, o público poderá conferir um artesanato que revela as diversas expressões multiculturais da região, com destaque para o trabalho manual do Pataxós, que traduz a resistência e a cultura indígena.

A realização da Feira Artesanato da Bahia é uma iniciativa do Governo do Estado, por meio da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), em parceria com a Associação Fábrica Cultural. O evento conta com a parceria da Prefeitura Municipal de Porto Seguro e o apoio do Centro Público de Economia Solidária – Cesol Costa do Descobrimento e Extremo Sul e TV Bahia.

Os visitantes poderão adquirir os produtos artesanais apresentados diretamente pelos criadores, dialogar e interagir sobre a riqueza dos processos produtivos.

Na região, são utilizadas técnicas que empregam a matéria nativa em composições contemporâneas, como aproveitamentos de cocos, entalhe e pintura em madeira, tecelagem, arte em tecido, bordados, crochê, trançado de fibras naturais de cipós, piaçava e dendê.

Os objetos indígenas, produzidos pelo povo Pataxó, são muito procurados pelos turistas na região. Entre eles, destacam-se as peças utilitárias talhadas em madeira, adornos corporais com sementes, instrumentos musicais e objetos do cotidiano.

“Com muita felicidade e energia renovada neste ano que se inicia, abriremos o ciclo da Feiras Regionais Artesanato da Bahia em Arraial d’Ajuda, Porto Seguro. Este local carrega uma grande simbologia devido à presença marcante do artesanato indígena, nossos pioneiros artesãos brasileiros. Na ocasião, o público presente além da oportunidade de apreciar a beleza marcante do artesanato, poderá desfrutar das histórias e conhecimento que marcam a identidade cultural de cada uma das mais de 50 comunidades indígenas da região. Histórias de beleza, luta e resistência”, afirma Ângela Guimarães, coordenadora de Fomento ao Artesanato da Setre Bahia.

PRIMEIRA TEMPORADA

Em 2021, a primeira temporada das Feiras Regionais Artesanato da Bahia foi recebida com muito sucesso nas cidades de Aratuípe (Maragogipinho), Lençóis, Jacobina, Vitória da Conquista, Cachoeira, Juazeiro e Itacaré. Nos sete municípios, o evento itinerante reuniu 191 artesãos e artesãs, que expuseram cerca de 16 mil produtos artesanais, gerando mais de R$ 170 mil em vendas, superando todas as expectativas no fomento do setor artesanal e valorização da cultura do estado. Além de promover a exposição e a comercialização de produtos, a feira cumpriu o papel de incentivar a inclusão social e produtiva e aquecer o turismo.

“Além do viés econômico, as feiras são espaços de celebração e promoção das matrizes culturais baianas em toda a sua diversidade, do tradicional ao contemporâneo. Por onde passamos, deixamos artesãos mais valorizados, articulações feitas e a economia aquecida”, conta Juliana Almeida, gerente de Projetos e Alianças da Fábrica Cultural.

COSTA DO DESCOBRIMENTO

Berço do descobrimento do Brasil, Santa Cruz Cabrália, município vizinho a Porto Seguro, foi o lugar onde os portugueses avistaram o Monte Pascoal e desembarcaram pela primeira na sua chegada ao Brasil. Com este cenário histórico, com área de preservação, repleto de riqueza cultural, praias paradisíacas, falésias e outras incontáveis belezas naturais, a região se tornou um dos principais destinos turísticos do país. A região, que recebeu o título de Patrimônio Natural Mundial da Unesco, abriga as badaladas e internacionais praias de Trancoso, Arraial d’Ajuda, Porto Seguro e Espelho, entre outras. Também é habitada pelos nativos Pataxós, comunidade indígena que luta pela sua resistência e para manter a sua cultura viva numa região turística.

SERVIÇO

Feira Regional Artesanato da Bahia – Arraial d’Ajuda (Porto Seguro)

Dias: 4, 5 e 6 de março
Horário: das 15h às 22h
Local: Praça São Braz
Acesso gratuito.

Este site usa cookies para melhorar a sua experiência.