Confira a programação do Novembro Negro na Fábrica Cultural

No mês de fortalecimento das pautas e políticas atuantes no combate ao racismo, a Fábrica Cultural preparou uma programação especial que visa fomentar diferentes eixos do empreendedorismo. As ações fortalecerão nomes e iniciativas ligadas ao Programa Acelera Iaô. Entre as atividades estão oficinas, palestras, além de um showroom com produtos de empreendedores negros baianos

A programação começa na próxima quarta-feira (16), a partir das 9hs, com uma roda de conversa sobre gastronomia e a conexão histórico-cultural, dirigida pelo Afrochef Ronaldo Assis em parceria com a Afrochef Paloma Zahir. Uma boa oportunidade para negócios gastronômicos aprenderem e conhecerem mais sobre os saberes e sabores da cultura popular e ancestral. E a importância do afro-empreendedorismo para a perpetuação de técnicas na gastronomia contemporânea.

Graduando Gastronomia na UFBA e presença forte na liderança estudantil como Líder do Curso. Ronaldo Assis – homem preto, da periferia de Salvador, aprendeu a cozinhar com as mulheres de sua família, onde a afetividade e o domínio das panelas eram a base principal. Além do tempero marcante da gastronomia do Centro-Oeste e do Recôncavo Baiano. Hoje, o Afrochef está à frente do Larô Gastronomia, uma empresa de comida contemporânea Afro-Diaspórica, empreendimento criado durante a pandemia, no intuito de não deixar apagar a cultura popular gastronômica.

O bate papo segue com a presença da Afrochef Paloma Zahir – mulher preta, Produtora de Eventos Sociais e Corporativos, Cozinheira e Pesquisadora, Bacharelanda de Sociologia. Paloma atua como Ìyálòdè da Zahir Produções e do Kissanga Restaurante, onde é Afrochef, ativista das cozinhas afro-brasileiras, mostrando toda potência, legado e técnicas das Pretas de Ganho, além de fomentar o blackmoney.

Às 14hs a atividade continua sob o comando de Tuany Souza, Ceo e Gastróloga da Cacau Caramelo, empresa especializada em delícias artesanais personalizadas e café gourmet. Além de, Palestrante, Sócia das Milis, Curadora de cardápios, eventos e festivais. Tuany apresenta para os afroempreendedores uma palestra sobre Cardápio Estratégico para o Natal. Dicas de como realizar o cronograma de produção, controle de estoque, embalagens corretas para cada produto, vendas assertivas.

Na quinta-feira (17-11), a partir das 9hs, a programação será conduzida por Samila Costa – Especialista em Comunicação e Marketing estratégico, Assessora e Coordenadora do Comitê da Diversidade Youpper Insights, além de estar à frente de vários projetos importantes no mundo do empreendedorismo, da gastronomia e eventos.

No Novembro Negro da Fábrica Cultural, Samile traz um bate papo sobre Comunicação e Posicionamento de Marca nas Redes Sociais. O objetivo é direcionar empreendedores que desejam se profissionalizar e reposicionar seus produtos nas mídias sociais.

À tarde, temos a Oficina de Turbante Dons do Ébano, com Luciana Costa – CEO da marca Negralu,sou afro-empreendedora que trabalha com arte em tecido africano. Lu, transforma tecidos em lindos turbantes, bolsas, pochetes e outros acessórios. Na oportunidade, a CEO apresenta o conceito Turbante: origem, aspectos, empoderamento e beleza negra.

Os participantes da Oficina podem trazer os seus tecidos ou comprar as peças no evento por R$58. Você não pode ficar fora dessa programação, escolha a oficina, convide um amigo (a), inscreva-se e participe!

Serviço: 

Novembro Negro na Fabrica Cultural

Data: 16, 17, 23 e 25 de Novembro

Horário: 9h e 14hs

Local: Fábrica Cultural 

Endereço: Largo da Ribeira, 33 – Ribeira

Entrada gratuita!

Este site usa cookies para melhorar a sua experiência.